O Dilema do Titanic

Há 100 anos, na gelada madrugada de 14 de abril de 1912, o Titanic navegava para a escuridão das profundezas do oceano e ancorava na eternidade. Até hoje, restam perguntas sobre o evento: Se houvesse mais botes salva-vidas, teriam perecido as 1.523 almas a bordo? Teríamos nós a coragem do cavalheiro John Jacob Astor IV, homem mais rico no navio, que estoicamente vestiu-se em gala e aguardou a invasão das águas glaciais no bar? Ou a grandeza da banda do navio, que tocou para seu derradeiro público?
Um drama pouco conhecido é a presença do primo do Imperador japonês a bordo, o jovem Ishiro Nohku.
Ishiro poderia ter uma vida tranquila, gozando da proximidade com a família imperial de seu país, mas apaixonou-se por uma serva da imperatriz, a adolescente Mikima Tanata. Desprezado por sua paixão, Ishiro abandonou seu país de origem e migrou com sua noiva para a Rússia. Depois de dois anos seguiu para Londres e embarcou no fatídico navio disposto a reiniciar sua vida em Nova York.

Acomodados na Primeira Classe, ambos poderiam ter se salvado. Mas consta que, já no bote redentor, Mikima avistou, ao lado do amado, uma jovem e inocente criança irlandesa, no frescor de seus seis anos de idade.
Naquele momento, Mikima poderia ter estendido a mão tanto para a criança, que ela jamais tinha visto antes, ou para o homem que trocou um reino por seu amor.

Passados 100 anos da tragédia, até hoje ecoa o dilema da jovem japonesa. Se você estivesse no bote redentor e pudesse fazer a escolha, você levaria Nohku ou deixaria Nohku?

OS – Uma pequena homenagem ao também centenário da piada sobre o cãozinho norabo e sobre a decisão do seu dono de levá-lo ou não para seu novo endereço

 

Uma resposta para “O Dilema do Titanic

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s