A Mulher Visivel

Assisto um seriado da Globo, “A Mulher Invisível”, fraquinho pra cacete. Mas ele me lembra da força da Luana Piovanni de lingerie, basicamente a razão pela qual não mudei de canal, e remete ao meu primeiro e único encontro com a musa.

Antes, uma nota: Para os querem me converter a alguma religião, vale prevenir que já vi Luana Piovanni, Letícia Spiller e Luíza Brunet ao vivo – a última de maiô em Angra dos Reis, onde ela gravava uma novela chamada Araponga. E vi Francis Albert Sinatra cantando 3 vezes, duas delas a poucos metros de mim. Ou seja, Deus já me mostrou o melhor de seu suposto trabalho. Se nem assim me tornei religioso, não vai ser você que vai conseguir.
Voltemos. Cruzei (não no sentido carnal) com Luana no aeroporto de Congonhas. Já a Letícia estava em uma melancólica feira de supermercadistas, onde ela a atração e chamariz de um stand de produtos alimentícios, circa 1994 (ou seja, o auge da beleza no auge da beleza). Elas pairavam absolutas em um mar de executivos cinzentos, barrigudos, feios.
Nos olhos das duas, nestas duas ocasiões, vi o que eu interpretei como sendo um “nojinho”. Daqueles homens medíocres que as desejavam, sem a menor possibilidade.
Antes de condenar as moças, vale notar que elas cresceram olhando a si mesmas no espelho. Seu parâmetro de beleza está arruinado para sempre por um padrão absolutamente inalcançável pela vasta maioria da humanidade.
Se eu estivesse exposto ao mesmo tipo de dano, também seria irremediavelmente insuportável.

5 Respostas para “A Mulher Visivel

  1. Não entendi a presença do barrigudinho cinzento Francis Albert Sinatra neste post. Ele também tinha olhar de nojinho em relação ao resto da humanidade.? Se olhava no espelho e dizia “te cuida, Ava Gardner?” Achava a concorrência ridícula porque ninguém tinha a mesma competência nas cantadas? Não consigo imaginar parâmetros que aproximem Luna Piovani do Old Blue Eyes. Mesmo no auge do baixinho metido. A não ser que Luana cante My Way como ninguém.

  2. Poeta:

    O Sinatra cantando e a Luana Piovanni respirando perto de você são exemplos do melhor que a humanidade pode exibir.
    Para os criacionistas, seriam evidência de que só uma força divina poderia criar tais maravilhas, desafiando o conceito darwiniano.
    Ou, em outras palavras, trabalhos que Deus colocaria no currículo se estivesse procurando emprego…
    Abração

    • Dr. Paulo: Acho que ela vomitaria em cima de mim, embora eu tivesse uma cantada perfeita para ela: “Oi, sabe que eu só bato quando elas pedem…”
      Abraços
      Renzo

  3. Luana Piovanni de lingerie ?! até que pode ser bonita, mas o grande é o temperamento desta senhora, que passou do limite tragável. é muito nervosa e brava demais … seria bom que se ausentasse da midia por uns mil anos.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s