Morre o último vestígio de dignidade humana, aos 47.032 anos

O último vestígio de dignidade humana morreu em Agosto de 2010 durante a gravação de um clipe com Alexandre Frota e Geysi Arruda, o funk “Estilo pit bull”.

Uma parte fundamental daquilo que distinguia as pessoas dos animais, a dignidade humana nasceu com nossa capacidade de andar e nosso raciocínio.
Cientistas conseguiram rastrear suas origens até o Homo neanderthalensis, que criou roupas de peles de animais e começou a enterrar os seus mortos.

Foi um conceito forte e vigoroso, que sobreviveu a muitas coisas, entre elas a inquisição espanhola e colares de conchas.

(plagiado descaradamente da Revista Esquire, em edição do site de 31/03/2010)

2 Respostas para “Morre o último vestígio de dignidade humana, aos 47.032 anos

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s