Peréio Ganha o Troféu Oscarito

Peréio. Segundo a lenda, derivado de “preto véio”, pelo modo como andava em criança.

Genial.

Interpreta sempre a si mesmo. Nada contra. Nada exige mais talento do que a repetição. Lembro de Samuel L. Jackson (cito de memória): “Sempre interpreto a mim mesmo porque sou mais interessante que meus personagens”.

A repórter Clarissa Barreto, de Gramado, escreveu: “Conhecido pelo temperamento sarcástico, o ator gaúcho Paulo César Pereio recebe na noite desta terça-feira (10) em Gramado o troféu Oscarito, homenagem do Festival de Cinema de Gramado pelo conjunto da obra do ator no cinema nacional. “Quando recebi a notícia de que ia receber o troféu, pensei ‘meu Deus, vou ser vítima de mais uma homenagem’. Mas vou sobreviver a esse prêmio”, brincou, referindo-se a homenagens póstumas – ou quase – a artistas.”

Peréio vai sobreviver ao prêmio e ao que mais pintar. É a cara do cinema nacional. É nosso melhor ator. Ou nosso melhor personagem. Em alguns filmes, é a única coisa que vale a pena. Não é pouco.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s