Bond. James Bond. Finalmente Derrotado.

Bond. James Bond.

Ele sobreviveu ao fim da guerra fria. Sobreviveu à troca de Sean Connery por George Lazenby. Ao confronto com o anão vivido por Hervé Villechaize em The Man with the Golden Gun (que seria desmoralizante para a maioria dos heróis). Sobreviveu a uma visita ao Rio de Janeiro em 007 contra o Foguete da Morte, aventura na qual milagrosamente não foi atingido por balas perdidas ou pelos bueiros voadores da Light.

Machista absoluto, sobreviveu também quando seu chefe M passou a ser interpretado por uma mulher,  Judi Dench, que substituiu Bernard Lee (de Dr. No a Moonraker) e Robert Brown (de Octopussy a Licence to Kill).

Sobreviveu a um confronto com a criatura mais assustadora da Terra, Christopher Walken, que no papel do vilão  Max Zorin enfrentou Bond em A View to a Kill.

Sobreviveu ao ponto mais baixo de seu arsenal: O Aston Martin Vanquish invisível em Die Another Day, que insultou até os fãs mais dedicados.

Sobreviveu quando um transexual se infiltrou entre as Bond Girls em  007 – Somente Para Seus Olhos.

Caroline, o transexual,  está em pé, na fila de trás, no centro, usando um charmoso pomo de adão no pescoço.

Bond escapou de tudo isso saboreando seu vodkamartini (batido, não mexido, é claro…).

Mas, agora, ele parece finalmente ter sido derrotado. A crise financeira mundial pode ter cancelado o 23º. filme da série.

Bond, que escapou de tantas coisas, finalmente caiu vítima de vilões como os Lehman Brothers ou Bernard Madoff.

Descanse em paz, Bond.

Não dá para vencer todas.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s