Correção: Onde se lê “desonestidade”, favor ler “falta de noção”

Em seu auge, Norma Bengell foi uma das mulheres mais bonitas que o país já produziu (e olha que esta é uma das poucas áreas em que o Bananão é realmente competitivo…)

Imaginar que Norma, em seus melhores dias, possa ser confundida com  Dilma Rousseff, não é desonestidade, como se tem dito.

É pura falta de noção.

Imaginar que Dilma tenha os predicados para ser candidata presidencial já é uma afronta.

Imaginar que ela tenha os predicados para ser confundida com Norma Bengell é uma piada.

Difícil saber se essa raça ganhou em senso de humor ou perdeu em bom senso…

PS 1 – Um pôster motivacional para a turma da campanha da Dilma, aquele docinho de mel.

PS 2- Já que não deu para se passar por Norma Bengell, o blog do Gustavo Inácio localizou outros momentos chave da vida da Dilma, incluindo sua triunfal entrada em Cuba…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s