Um Minuto de Comercial

De vez em quando, as emissoras ficam tão sem assunto que colocam no ar qualquer coisa.
Seguem alguns exemplos: Entrevistas que eu concedi no lançamento dos meus livros, “Cinema Falado” (agora reeditado em conjunto com o livro bônus “25 Filmes Que Podem Arruinar A Sua Vida”), “Sinatra – O Homem e a Música” e “Fica Frio! Uma Breve História do Cool”.
A primeira foi dada no Programa do Jô Soares, em 04/05/2000, falando sobre “Cinema Falado”, quando descobri que o Jô gostava tanto de filmes ruins quanto eu.

https://www.youtube.com/watch?v=7xEvmvJLtPo

Amaury Jr. também conversou comigo sobre “Cinema Falado”, em 25/02/2000 – e sua produção fez um trabalho fantástico de pesquisa, indo procurar as cenas mencionadas no livro

Outra foi dada para a GloboNews, para a musa Maria Beltrão, em 26/05/2001, quando do lançamento da primeira edição de “Sinatra – O Homem e a Música”, gravada no Rio de Janeiro, na suíte presidencial do então Hotel Rio Palace, que hospedou o cantor em sua primeira viagem ao Brasil.

Aqui eu falo um pouco para Maria Beltrão sobre o show de Sinatra no Maracanã

Por fim, Ronnie Von, gentleman absoluto, me recebe em seu programa de 24/11/2008 para falar do livro “Fica Frio! Uma Breve História do Cool” e conta de seu encontro com Dean Martin e como isso mudou seu corte de cabelo.

17 Respostas para “Um Minuto de Comercial

    • Pois é, achei que ia ficar moderninho e depois vi que estava parecendo uma velhinha da liga das Senhoras Católicas…
      Abração

      Renzo

  1. Os três videos sintetizam uma década de Renzo Mora. O elegante publicitário de gravata foi ao Jô em 2000 para tentar dar entrevista. Conseguiu, apesar de ser travado a toda hora pelo Big Megalômano, que sucumbiu à flexível firmeza de sua vítima, um disparador de insights precisos com noção exata do timing da televisão.

    Depois, caprichou no visual cool para conquistar Maria Beltrão, o que foi bem sucedido pelo menos no periodo da entrevista. Foi o ápice do chaveco bem fundamentado, quando datas, nomes, cenas entram na hora certa para deslumbrar a intelocutora, fisgada pela performance de sedução de um entrevistado vestido para matar.

    E em 2008, já à vontade como grande estrela dos lançamentos inovadores, conseguiu compartilhar uma bela conversa com o gentleman Ronnie Von (que eu conheci quando trabalhei na Record e fiquei muito bem impressionado pelo fino trato e civilidade de sua personalidade).

    Depois digo que és um assombro e achas que estou de sacanagem. Trata-se de uma celebridade que faz falta na galeria de notoriedades atuais. Está ainda escondida, apesar da obra e do espanto que é este blog. Pronto, digo e repito e fique frio que comigo é assim mesmo.

  2. Grande Nei:
    De fato, o Ronnie é um cavalheiro – dentro e fora do show.
    Grande cara.
    Só me impressiona como eu consegui envelhecer mal…
    Obrigado

    Renzo

  3. Envelhecer mal? Deixa de falsa modéstia, meu caro. Sem querer ser puxa saco (ou gay) amadurecer não te detonou. Você devia era ver o que o tempo fez comigo, embora no momento eu esteja provavelmente menos mal vestido. E olha que só tenho 24 anos…
    Abraço e parabéns pelas entrevistas.

    P.S: Po, nunca li no blog se você o fez, mas devia dar um depoimento sobre como foi estar de frente com sua musa Maria Beltrão. Abraços!

  4. Luiz:
    Além de linda, a Maria Beltrão se dá ao luxo de ser simpática, ótimo papo, alto astral (como se precisasse…)
    Em suma: uma afronta para todas as outras mulheres.
    Felipe:
    Vc está certo.
    Uma vez bati um papo com o Ary Fontoura (que tb é uma simpatia) e ele me disse: Você á cara do Marco Nanini.
    Vou te dizer a mesma coisa que disse para ele:
    O plano original era ser parecido com o Brad Pitt.
    Vamos combinar: ser parecido com o Nanini ou com o Ramis não é vantagem para ninguém, exceto para os próprios…
    Abração
    Renzo

  5. Em uma década você deixou de parecer o Beaker dos Muppets para ficar parecendo o Carson Kressley do Queer Eye for the Straight Guy. Acho que estou deprimido…

  6. Ok, vou ter que involuir pro vocabulário de adultescente. Dude! DUDE! O cara mais cool do mundo é você, Renzo. Caramba, você conseguiu manter a compostura diante da Maria Beltrão? Modestamente, até tenho certa habilidade pra lidar com o sexo oposto, mas, confrontado com ela, acho que ia ficar parecendo uma menina de 12 anos apaixonada, olhando pra baixo, arrastando os pés e dando risadinha entre uma monossílaba e outra. YOU THE MAN, BABY!

    Kurt

    • Vale esclarecer que minha mulher estava ao lado, garantindo que eu mantivesse um mínimo de compostura.
      Abração, Kurt
      Renzo

  7. Grande Renzo,

    Passo um tempinho afastado de visitá-lo e quando retorno só encontro coisa boa.
    Percebe-se através da entrevista que o Ronnie Von é realmente um gentleman.
    Parabéns e muito obrigado pelo “minuto de comercial”.
    Que venham muitos outros minutos, você merece.

    Grande abraço,

    Sávio

  8. Renzito, que prazer poder rever estes trechos de suas entrevistas. Pena que não estão disponíveis inteiras… Está mais que na hora do próximo livro.
    Um grande abraço do seu irmão, Manuel

  9. Pingback: Bussunda por Fiuza « Renzo Mora

  10. Hello very nice site!! Man .. Excellent .. Amazing .. I’ll bookmark your web site and take the feeds additionally…I’m happy to seek out so many useful info here in the post, we want work out more techniques in this regard, thank you for sharing. . . . . .

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s