Criminalidade no Rio Está Fora de Controle

Começou com o par de óculos da estátua do poeta Carlos Drummond. Toda semana roubavam os óculos do sereno poeta, que fica no calçadão de Copacabana à mercê dos marginais que se apossam de seu instrumento de leitura.


A estátua, talvez por temor de represálias, diz que não consegue identificar os ladrões (“eu estava sem óculos, porra!!” comentou a representação em bronze do poeta)
Mas as quadrilhas cariocas foram mais longe e anunciaram que vão roubar o Cristo Redentor, uma das sete maravilhas do mundo.
Incapazes de deter a sanha criminosa dos infratores, as autoridades cariocas cercaram a estátua com dispositivos eletrificados.


“Seja lá o que Deus quiser” declarou o secretário de segurança, acrescentando “pelo menos a gente dificultou a ação dos marginais”
A ideia de colocar a estátua de Drummond para vigiar o Crsito foi descartada “Ele sem o óculos não vê nada” comentaram autoridades que preferem ficar no anonimato.


Membros das forças de segurança paulistas desdenharam dos problemas cariocas “aqui ninguém rouba estautua não” comentou uma autoridade que não quer ser identificada. “Por causa das enxente, pode acontecer da estautua afundar, mas a gente já providenciamos uma boia para o Borba Gato”

Anúncios

2 Respostas para “Criminalidade no Rio Está Fora de Controle

  1. eu tenho medo das mulheres
    eu não tenho mulher
    as mulheres são esposas dos homossexuais
    eu não tenho medo dos homens
    eu não tenho homem
    os homens são maridos dos heterossexuais

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s