Lute contra a Síndrome de Dalmáta

A imprensa vem tratando com desdém um dos mais sérios problemas que a saúde mundial vem enfrentando: a síndrome de dálmata.

Embora as origens desta grave desordem dermatológica sejam pouco conhecidas, cientistas nórdicos dizem que o perfil do afetado geralmente é de alguém com sérios distúrbios psicológicos e um QI abaixo de 75 pontos.

Contatos com tatuadores podem constituir um fator de risco, embora haja pouca clareza sobre esse aspecto em especial.

Por isso, se você receber uma ligação pedindo doações para tratar de pessoas com síndrome de dálmata, não hesite: doe o que pude.

Ou conviva com a culpa de ver imagens como estas postadas acima e saber que você não moveu um dedo para erradicar esse flagelo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s