O Livro, Trazendo Tudo o Que Ele Consegue Lembrar Das décadas de 70 e 80, terá 4 páginas.

Ozzy Osbourne vai lançar autobiografia em outubro

Publicado em 29/07/2009 12:36:00

Ozzy Osbourne, o britânico que foi de Príncipe da Escuridão a astro de reality shows, prometeu para outubro o lançamento de sua autobiografia, intitulada apenas I Am Ozzy.

O eterno frontman do Black sabbath lançará seu livro antes do fim do ano, contando detalhes de sua agitada vida. “Ingeri combinações letais de drogas e álcool por 30 anos. Sobrevivi a uma colisão com um avião, overdoses suicidas e doenças sexualmente transmissíveis”, disse ele em comunicado oficial à imprensa. “Fui acusado de assassinato. Quase morri dirigindo uma moto a duas milhas por hora. As pessoas me perguntam como ainda estou vivo e eu não sei o que dizer”, completou.

Anúncios

4 Respostas para “O Livro, Trazendo Tudo o Que Ele Consegue Lembrar Das décadas de 70 e 80, terá 4 páginas.

  1. Como sabes, um bom ghost writer transforma quatro páginas num catatau memorável. Inventa inclusive as frases cortantes do comunicado oficial, alta criação de gente do ramo. Parece início de romance do pós guerra ou então um trecho do Uivo, do Ginsberg. Ozzy não é dado essas coisas. Deve ser como o Clint, que diz não lembrar de nada dos seus 20, 30 anos de idade, porque estava sempre bêbado. Amnésia alcóolica não produz livro de memórias. A não ser que nos contratem!

  2. E se nos contratarem, Nei, podemos fazer como o Jorge Amado em Gabriela e incluir receitas para encher espaço.
    No caso do Ozzy, receitas de morcego assado ou à moda tartare – que parece ser a preferência do veterano rock star…
    Abração

    Renzo

  3. nCeta feita, Ozzy estava nos EUA. Sua mulher e emrpesária precisava sair, mas Ozzy estava chapado (desculpe o pleonasmo) no quarto. Com medo que ele acordasse e saísse para encher a lata mais ainda, ela bolou uma precaução. Escondeu todas as roupas dele, imaginando que Ozzy não sairia pelado.

    Quando Ozzy acordou (desculpe a contradição), não encontrando suas roupas não viu qualquer problema em sair com um vestido de sua mulher pra encher a lata. Mais ainda.

    Vagando pelas ruas em estado avançado de estupor, resolveu mijar contra uma parede propícia ao seu lado. Foi surpreendido com a chegada da polícia. O local onde mijava era o Álamo. Ele estava no Texas. Mijando no Álamo. Vestido de mulher.

    Na cadeia, a espera da mulher, Ozzy está nas piores condições possíveis pra um preso: bêbado e vestido de mulher. Nem precisaria ter mijado no Álamo pra ser má notícia pra qualquer cidadão nas suas condições.

    Mas tenho certeza de que ele dormiu como um bebê, enquanto os *outros* presos se acumulavam num canto, mortos de medo que Ozzy acordasse.

    • Pior ainda, Daniduc:
      Tenho certeza de que, ao acordar (ou melhor, ao ficar um pouco mais consciente), não tinha a menor ideia de como tinha ido parar lá na cadeia (“quem foi o filho da puta que me colocou esse vestido?”) – ou seja, uma lembrança a menos para o livro, que imagino vá receber o título de “Memórias de Um Amnésico”.
      Abração
      Renzo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s