O Papa e Michael Jackson Continuam Mortos

Era 28 de Setembro de 1978.

O Papa João Paulo I, eleito há um mês para o posto máximo da Igreja (mais precisamente em 26 de agosto), morria no Vaticano.

1978 era a pré-história das comunicação.

Uma época jurássica, sem internet, sem CNN, sem TMZ.

Foi assim, quando os dinossauros ainda andavam pelo planeta, que uma pequena rádio católica do interior de São Paulo furou a Globo e todos os grandes veículos e foi a primeira a noticiar o falecimento do Papa para o Brasil (por ser a única que ouvia direto a emissora oficial da Santa Sé).

Um furo espantoso para uma emissora pequena, sem correspondentes, sem dinheiro, sem recursos.
Orgulhosa do feito jornalístico, a emissora passou a emitir boletins regulares, copiados da Rádio Italiana.

O problema da morte é que, depois de ocorrer, ela tende a  não gerar muitas novidades – ninguém fica mais morto.

Daí que o repórter da pequena rádio paulista, obrigado a entrar com um novo boletim para sustentar a audiência, mesmo sem nada de novo, coloca uma música solene, emposta a voz e anuncia, com a gravidade que a notícia exige: “Senhoras e Senhores: O Papa continua morto”.
Existe uma febre de notícias em torno de Michael Jackson que ele, na medida em que está morto, obviamente não pode oferecer.

Desta forma, a CNN, conhecida pela seriedade, anuncia que seu fantasma foi visto em Neverland. (Pelo menos se o fantasma passasse fazendo o moonwalking seria mais fácil de acreditar…).

Mais tarde a própria CNN desmentiu a aparição do fantasma, explicando que tratava-se da sombra de alguém que passou na frente das luzes.

Latoya Jackson, cantora de segunda categoria  e combatente do crime, anuncia que o irmão foi assassinado.

E agora o pai de Jackson, o canalha número 1 do país, anuncia que vai lançar um conjunto vocal com os filhos de Michael.

Sim , Michael Jackson, como o Papa João Paulo I, continuam mortos. O problema é o que inventar para continuar alimentando os noticiários…

Anúncios

2 Respostas para “O Papa e Michael Jackson Continuam Mortos

  1. … E que outras, como o Sarney, por força da Academia Brasileira de Letras são, assim como o Drácula, imortais…
    Abração

    Renzo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s