Renzo Mora, O Destruidor de Conspirações

Tremei, conspiradores. Renzo Mora está aqui.

Como sabem aqueles que leem meu blog, meus assuntos favoritos são aqueles sobre os quais eu não entendo nada, então, vamos lá: Depois de ajudar a destruir as teorias conspiratórias sobre a morte do David Carradine, chegou a vez do Voo AF 447.

Hoje, o Sérgio Dávila, repórter de quem eu sou fã, escreve:

“Volta a ganhar força teoria da conspiração sobre vôo AF 447

Há dois roteiros, segundo os teóricos:

1. Dias antes de o avião cair, a França anunciou que abriria uma base militar em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos –a primeira em mais de meio século, como lembra Douglas Woodwell, professor assistente de relações internacionais da Universidade de Indiana, o pai da teoria. Ele recorda que, dias antes da queda, um vôo Buenos Aires-Paris, da mesma Air France, teria sido atrasado por conta de uma ameaça de bomba. Os teóricos lembram que parte do ódio que Osama bin Laden tem dos EUA vem da presença militar norte-americana na Arábia Saudita, em solo considerado sagrado pelos islâmicos. A teoria foi requentada hoje, com reportagem de capa do L’Express francês, segundo a qual a polícia francesa investigava dois homônimos de suspeitos de terrorismo que constariam da lista de passageiros. A polícia disse que a pista era falsa;

2. Outra vertente aponta a presença de “dois dos maiores inimigos dos traficantes de armas” na lista dos passageiros, o argentino Pablo Dreyfus, de 39 anos, da ONG Viva Rio, e o diplomata suíço Ronald Dreyer, ambos ligados ao centro de estudos Small Arms Survey, do Instituto de Estudos Internacionais, em Genebra.”

Tudo bem, mas só para constar:
1. Qual o terrorista que aciona uma bomba EXATAMENTE no mesmo momento em que o avião atravessa uma CB? Por que não na decolagem ou no pouso, quando poderia causar mais vítimas – que é sempre o objetivo dos terroristas? (especialmente na decolagem, quando o tanque está cheio de combustível e que meus amigos pilotos dizem ser o momento mais perigoso de um voo)

2. Qual a organização terrorista que derruba um avião e não se manifesta?
Na esperança de ter esclarecido mais esse mistério, somos, atenciosamente,
Renzo Mora

Update: Vai aqui a confirmação de que não houve bomba, 2 dias depois. Mas você leu primeiro aqui.

2 Respostas para “Renzo Mora, O Destruidor de Conspirações

  1. Essa é fácil como peidar dormindo, Renzo. O ato terrorista ocorreu exatamente no momento em que o avião cruzava o cúmulo do nimbo para que Alá, meu bom Alá, trouxesse água para Iaiá. E a organização ainda não se manifestou porque em vez de fazer um comunicado decidiu fazer um blog. E aí fez, mas ninguém deu bola, já que são criados dez picilhões de blogs por segundo no mundo todo. Moraste, Mora?

    • Teoria alternativa:
      O terrorista buscava o melhor momento para detonar o artefato.
      Aí, quando o pessoal se distraiu com a turbulência, foi até o compartimento de carga e acionou a bomba.
      Esse plano de derrubar um avião para matar duas pessoas só foi tentado uma vez: No filme “Snakes on a Plane”.
      Falhou 2 vezes: como atentado e como filme.
      Abração, Nei
      Renzo

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s