Batusi: Grandes Momentos da História da Dança

O Batusi foi criado na década de 1960 para a série televisiva Batman. Seu estilo é agrupado no tipo de dança go-go.

Jill St. John foi a primeira atriz a dançar o Batusi. O fato de sua carreira ter sobrevivido ao feito deve-se, provavelmente, ao seu par de pernas.

A principal característica da Bat Dança é o V horizontal feito com as mãos sobre os olhos.

Adam West diz ter inventado a dança, embora o instrutor de dança Arthur Murray também dispute a duvidosa honra.

Como conta o site de seu estúdio de dança, a história do Arthur Murray Franchised Dance Studios começou em 1912 com o próprio Arthur Murray, a quem o sítio oficial chama de “Um símbolo americano do sucesso empreendedor e da dança social”
Segundo a mesma fonte, “Arthur Murray foi o primeiro a perceber a crescente popularidade das danças latinas na America nos anos 1950”.

No site, entretanto, que traz detalhes insignificantes como esse, não há nenhuma palavra sobre o envolvimento de Murray com o Batusi.

Alguns historiadores afirmam que o Batusi foi inventado, na verdade, por Vaslav Nijinsky, o célebre dançarino e esquizofrênico russo.

O livro “Holy Nijinsky, Batman: Nijinsky and the Secret Origins of Batusi” (Santo Nijinsky, Batman: Nijinsky e a Origem Secreta do Batusi – Shitty Letters,  1967) de Arthur Kjyofisky, (prefácio de Twila Tarp e Burt Ward) é o mais contundente na defesa desta tese.

Segundo o tratado, sem tradução para o português,  foi ao interpretar o Batusi que Nijinsky foi considerado louco e internado em 1919.

Biógrafos de Nijinsky dizem que não há nenhuma referência ao fato em seus diários, mas que dificilmente o fato passaria despercebido se fosse verdadeiro.

Um enfermeiro que permaneceu anônimo teria sido testemunha da batdança executada por Nijinsky para seu psiquiatra, Dr. Eugene Bleuer. “Eu não sou louco – sou um morceguinho bailarino” costumava dizer Nijinsky ao seu médico, que balançava a cabeça e dizia “deixa de viadagem, Nijinsky”.

Esta versão nunca foi confirmada por nenhuma outra fonte e só acrescenta mais brumas de mistério às origens do Batusi.

O único fato aparentemente indiscutível na enigmática história do Batusi é que a dança foi executada no episódio “Hi Diddle Riddle”, levado ao ar em 12 de Janeiro de 1966, quando Batman (interpretado por Adam West) executa o Batusi com a cúmplice do Charada, Jill St. John…

…em uma discoteca chamada “What a Way to Go-Go.”

O Batusi foi repetido em outros episódios da série, como demonstra o vídeo a seguir, extraído de The Pharaoh’s in a Rut, levado ao ar em 14 de Abril de 1966, onde a parceira de dança de Adam West é Ziva Rodann.

Em 1994, no filme Pulp Fiction, o Batusi foi uma referência para o pas de deux executado por Vincent Vega (John Travolta) e Mia Wallace (Uma Thurman), visto no vídeo abaixo.

Anúncios

10 Respostas para “Batusi: Grandes Momentos da História da Dança

  1. Minha ignorância é impressionante. Eu achava que a dança tinha sido inventada pelo Travolta! Aprendo cada vez mais contigo, Renzo. Além disso, teu site é o único espaço onde consigo gargalhar como nos velhos tempos. Obrigado.

  2. rapaz, essa foto da Jill St. John de camisa semi-aberta vale por todas as edições da playboy dos últimos, sei lá, 3 anos. Vale também um tributo ao deus Onan…

    Eu n sabia da relação (opa) dessa dança com o seriado do Batman. Tem no Pulp Fiction e tem também nos filmes da série (agora é ‘franquia’, não é?) Austin Power.

    Mas as fotos da Jill St. John…

    • Amigo Person:
      Concordo entusiasticamente.
      Essa é da época em que as mulheres de verdade faziam sucesso.
      Grande Abraço
      Renzo

  3. Aqui entrei em busca de fotos de Jill St.John, já que dela me lembrava como uma mulher muito bonita e irmã de Susan Sharandon. Maravilha, voltar a vê-la em cena, já que agora deve ter 69 ou 70 anos. Não me lembrava de que havia se casado com Robert Wagner, viúvo de Nathalie Wood.
    Parabéns e abraços.

    • Grande Nílson: Sorte do Sinatra, Sean Connery e do Jack Nicholson, que namoraram com ela. Azar dela, que namorou o Henry Kissinger. Azar também o nosso – que não entramos na lista.
      Abração e volte sempre.
      Renzo

  4. Caro Enzo,
    Obrigado pelo convite e pelos exclarecimentos. Pois é, esconderam a lista na minha vez.

  5. Pingback: Assista ao trailer final de Batman XXX: A Porn Parody > DVD/Blu-ray | Omelete « Renzo Mora

  6. Pingback: O inventor do Batusi continua sendo o cara « Renzo Mora

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s