Matéria Cortada

Lendo Gay Talese (não, não é um escritor de temática homossexual, como o nome sugere), papa do novo jornalismo, que combina apuração de dados com técnicas literárias – escritor obrigatório para quem quer escrever bem.
No livro “Vida de Escritor” ele conta alguns fracassos, como a cobertura que fez para a revista “New Yorker”…

…do caso de Lorena Bobbitt, a mulher que em 23 de Junho de  1993 cortou o pênis do marido num acesso de fúria e o jogou no mato (o pênis, não o marido).

A editora de Talese, por quem ele confessa alguma atração física,Tina Brown, recusou delicadamente a matéria na qual ele investiu meses.
Bem, o que seria publicado na revista está no livro, e Lorena não fica bem na fita.

Cleptomaníaca, possessiva, a mulher que passou o facão na “masculinidade” do esposo não é apresentada como a “mártir das esposas vítimas de violência” na qual algumas feministas tentaram transformá-la.

Seu marido, John Wayne Bobbitt, ao invés de um predador desalmado, aparece como um idiota grandão e boa pinta, à beira do retardamento mental.

Seus advogados o proibiram de dar entrevistas na época do julgamento por sua falta de habilidade verbal.

Curiosamente, li sobre os filmes pornô que o inventivo ator e produtor Ron Jeremy fez com ele, “John Wayne Bobbitt: Uncut” (ou John Wayne Bobbitt sem cortes) e “Frankenpenis” (não, não vou traduzir).

A cirurgia de 9 horas de religamento do membro, que ficou jogado no mato por 3 horas, não foi um sucesso absoluto, e as ereções (de curtíssima duração) de Bobbitt eram obtidas graças à injeções de Caverject, o que atrasava as filmagens e deixava o resto do elenco esperando horas até que ele estivesse em condições de aparecer em takes rápidos e insatisfatórios.
Mas talvez Bobbitt já fosse ruim de cama antes da facada.
“Ele nem ligou para o que eu estava sentindo… ele sempre tem orgasmo e não espera que eu tenha o meu. Ele é egoísta. Eu não acho isso legal. Então puxei os lençóis e fiz aquilo” contou Lorena aos policiais sobre suas motivações.

Por declarações como essa é que Talese não compra a estória da mulher agredida que resgata sua honra com sangue.

Estranho o mundo em que um fulano como Bobbitt entra na mira de Gay Talese e de Ron Jeremy…

No vídeo abaixo, Lorena hoje em dia, ainda posando de vítima, com seu novo marido, um fulano de coragem invejável.

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

Anúncios

Uma resposta para “Matéria Cortada

  1. Pingback: Apareceu a Namorada de David Letterman « Renzo Mora

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s