Homens do Ano 2010 – Parte 1 – Tony Tigrão

Tony Tigrão não participou de nenhum dos “Tropa de Elite”. Nunca foi ao Polo Cultural de Paulínia. Nunca foi à Gramado lutar por um kikito. Sua obra nunca recebeu um centavo de leis de incentivo. Tony Tigrão nunca fez (e Deus o abençoe por isso) stand up. E ainda assim, Tony Tigrão é um dos artistas do ano, um homem que construiu uma obra cinematográfica invejável. Tony Tigrão, um homem cujo excesso de pelos faz Tony Ramos parecer um metrossexual ou um nadador olímpico, cuja monocelha escandalizaria os editorialistas de moda, este homem é um dos astros  de 2010.

A singeleza de seu nome artístico, tirado de Tony the Tiger, o mascote dos sucrilhos Kellogg’s, poderia conspirar contra a identidade de Tigrão, a absurda ideia de usar um codinome infantil em seu meio. Mas isso é para os fracos. Tigrão poderia ter escolhido se chamar Pateta, Mickey, Papa Léguas – e ainda assim prosperar e impor sua arte.

Não, o destino não sorriu para Tigrão desde o início.

Sua primeira investida na vida artística foi no meio musical, mas a sofisticação harmônica e poética do universo do pagode não acolheu seu conjunto, o Boka Loka, que integrava junto de dois de seus quatro irmãos.

Mas eis que em 1998, a sorte bafejou a nuca de Tigrão e ele (ainda com o nome de Tony Carlos) fez seu primeiro filme pornô, O Castelo das Taras 2.

Iniciar a carreira em uma continuação poderia ser um mau sinal. Mas superstições não iriam se colocar no caminho vitorioso de Tigrão.

Tigrão é um homem família. Mora com os pais. Sua paixão pelo pagode, o ritmo que o rejeitou, continua.

Tony Tigrão é o ator do ano de 2010 e um dos pilares sobre o qual se ergue a história  do cinema brasileiro do novo século.

Um pilar que aponta para as estrelas e sorri para os deuses da cinematografia, um pilar que sustenta os castelos das taras nos quais nós,  os mortais, depositamos nossos sonhos molhados.

Em homenagem a Tony Tigrão, a versão de April Stevens para  “Teach Me Tiger”, de 1959.

About these ads

3 Respostas para “Homens do Ano 2010 – Parte 1 – Tony Tigrão

    • Tony Tigrão é um profissional de primeira linha e estava expandindo seu raio de ação. Para mim, um dos pilares do novo cinema brasileiro

  1. Felicitaciones Tony, un verdadero profesional del porno brasileño..Un artista que trasciende mas alla de la pantalla..Particularmente le falta el gran trampolin internacional para convertirse en el mejor del mundo…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s